Piranhas assassinas atacam banhista no Pará

Pelo menos 33 pessoas ficaram feridas em São Geraldo do Araguaia

Banhistas se desesperam com ataque das piranhas

Banhistas se desesperam com ataque das piranhas

Um total de 33 pessoas ficaram feridas, no último sábado (27) e domingo (28), em ataques de piranhas na praia conhecida como Gaivota, na cidade de São Geraldo do Araguaia, sudeste do Pará.
De acordo com o agente Vagner Pantoja, da Polícia Civil, as vítimas foram encaminhadas para o hospital municipal da cidade e também de Marabá. “Não houve vítima fatal. A maioria apresentou ferimentos leves. Entre elas nove crianças foram atingidas”, confirmou.
Ainda segundo o agente, o Corpo de Bombeiros trabalha com faixas e placas alertando os banhistas contra o perigo de ataques de piranhas nas águas do rio.
O coronel Marcus Victor Norat, comandante do 5º Grupamento de Bombeiro Militar em Marabá, explicou recentemente, ao Diário do Pará, o motivo da ocorrência dos ataques. “Neste período as piranhas estão subindo o rio para fazer a desova, ao mesmo tempo em que o banhista invade a área delas, por isso ocorre esse ataque”, afirmou.

Fonte: RG 15/O Impacto e Kleberson Santos

Postado em: Destaque, Itaituba, rurópolis, Santarém | Tags: Sem tags

Comentarios: